A ESTANTE DE GUSTAVO BERNARDO


Nanook


    
NANOOK

Nilza Maria Leal Silva



Oi, Gustavo. Gostei demais do seu Nanook.

Uma história simples mas um questionamento profundo de coisas importantes da vida.

Razão vs ou + loucura? Bondade vs ou + desinteresse? Realidade vs ou + fantasia?

Quais as bases da verdadeira amizade? Como alcançar o entendimento do que é o outro? Quem é Deus? Será que ele é?

Tudo isso falado numa narrativa simples, poética, delicada.

E vai ficando cada vez melhor.

A cena (sim, porque aí eu comecei a ver como se estivesse em um palco) dos irmãos abraçados com a mãe deitada com a cabeça no colo de Bernardo, esta cena, com uivos e lágrimas, é fantástica.

Mas nada se compara ao "gran finale"!

O Grande Urso Deus saindo de dentro da igreja e destroçando-a, e depois aquele cortejo branco de animais e crianças é realmente majestosa!

Neste momento estou de pé, batendo palmas e gritando BRAVO!

Beijos!

Rio de Janeiro, 30 de janeiro de 2016
e-mail : gustavobernardokrause@gmail.com