A ESTANTE DE GUSTAVO BERNARDO


Nanook


   
NANOOK

Luciana Hidalgo


Querido Gustavo,

Escrevo para dizer que gostei muito do seu Nanook.

A história é uma delícia, e você conjuga muito bem leveza, ficção e questões filosóficas. Estão lá reunidos vários dos seus questionamentos mais importantes: Deus como ficção, ceticismo etc. Até o “filósofo tcheco” aparece! Adorei.

E isso tudo numa prosa leve e fluida. Gosto de muitos trechos do livro, e é especialmente bonito ver como a história do menino vai se alinhavando à do psiquiatra justamente por meio do nome “Bernardo”. Estudiosa da autoficção, desde o início acompanhei o Bernardo com atenção, é claro... E o psiquiatra tem um quê de Simão Bacamarte, não?

Parabéns por mais esse romance e pelo conjunto da obra. Essa trilogia está especialmente bonita e comovente.

Beijos!

Rio de Janeiro, 28 de fevereiro de 2016.
e-mail : gustavobernardokrause@gmail.com